7 dicas para organizar a sua mala para morar fora

mala-para-morar-fora2

Escolher o que levar para na mala para morar fora durante meses – ou anos! – não é fácil. Dúvidas aparecem a toda hora: o que levar? Qual a quantidade ideal de cada item? O que é melhor comprar lá? Além disso, os últimos dias antes da viagem são muito corridos e cheios de emoções – e a tarefa de arrumar a bagagem fica ainda mais complicada.

Nossa tendência é querer levar tudo o que aparece pela frente. O pensamento “vou levar, vai que precisa?” faz com que a gente acabe levando uma bagagem super pesada e um monte de itens que não são realmente necessários. Aqui vão algumas dicas para acertar em cheio na sua mala para morar fora e não esquentar tanto a cabeça com a arrumação.

  •         Confira a previsão do tempo para todo o período que você vai ficar fora

Saber como o clima vai se comportar durante a sua estadia é importante para saber se é melhor caprichar mais nas roupas leves ou nos casacos de frio. Nesse post a gente mostrou o aplicativo PackPoint, que, além de sugerir os itens para levar na viagem, mostra o clima da cidade durante o período que você vai estar lá.

  •         Faça uma lista

Antes de abrir a mala para morar fora e ir colocando tudo dentro, pare um momento e faça uma lista – no computador ou no caderno – de tudo o que você considera importante levar. Isso ajuda você a ter uma ideia mais clara do que você pretende colocar na bagagem. Depois de feita, veja se você vai realmente precisar de todos os itens e exclua o que não for necessário.

  •         Repetir roupa não é pecado

Uma dos inimigos de uma mala leve é o nosso costume de levar várias opções do mesmo item – várias calças jeans, por exemplo – para não repetir roupa. Ao contrário do Brasil, lá fora as pessoas não ligam tanto em usar com frequência uma mesma peça. Na Europa e nos Estados Unidos, é normal ter apenas um casaco de inverno e usá-lo todos os dias no frio – trocando só a camisa de baixo.

  •         Fuja da tentação de montar um enxoval de inverno

Se você vai para um lugar que faz tem um inverno muito rigoroso, não compre as roupas de frio aqui no Brasil. Se você já tem essas roupas, coloque na mala, mas caso contrário, deixe para comprar lá. Em geral, no exterior as roupas de inverno são mais baratas e mais adequadas para enfrentar as baixas temperaturas de lá.  

  •         Não leve roupa de cama

Lençóis, toalhas e travesseiros ocupam muito espaço na mala. Na Europa e Estados Unidos tem um monte de lojas (como o Wallmart e a IKEA) onde você pode comprar esses itens por um preço bem em conta.

  •         Leve roupa íntima e de praia

Essa dica é principalmente para as meninas. Na Europa e nos Estados Unidos o estilo de calcinhas e soutiens bem é diferente do Brasil e você pode não achar algo que agrade nas lojas. O mesmo vale para biquínis. Como essas são peças que ocupam pouco espaço, capriche na quantidade.

  •         Tenha uma farmacinha

Provavelmente vai ser difícil encontrar no exterior os remédios que você costuma tomar aqui no Brasil. Além disso, a última coisa que se quer é estar doente, longe da família e ainda ter que ficar quebrando a cabeça à procura de medicação. Leve uma farmacinha com remédios para dor de cabeça, gripe, cólica, alergias, enjôo e itens para fazer curativo.

Morar fora é uma oportunidade de viver coisas novas e diferentes e sair da nossa zona de conforto que temos no Brasil e na casa dos pais. Por isso, comece o desapego já na hora de arrumar a bagagem e vá de cabeça aberta para o estilo de vida, de compras e de roupas que você pode encontrar lá fora.

Deixe uma resposta